Jornalistas do Estado de Alagoas decidem por paralisação após proposta indecente

Jornalistas de Alagoas anunciaram paralisação por tempo indeterminado após terminar sem acordo a última audiência realizada na manhã desta quarta-feira, 19, entre o Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado de Alagoas (SindJornal) e representantes dos principais veículos de comunicação.

A reunião aconteceu no Tribunal Regional do Trabalho da 19ª Região (TRT19), no Centro de Maceió. A previsão de início de greve está programada para a próxima terça-feira, 25.

Todo o impasse está sendo causado pelas proposta das empresas que pretendem reduzir o piso salarial pago aos profissionais em 40% para a contratação de mais profissionais.

O presidente do sindicato de jornalistas, Izaias Barbosa, chegou a sugerir pelo congelamento do piso salarial pago aos profissionais, mas as empresas, além de não aceitarem, também não apresentaram uma contraproposta.

Governador de Alagoas não concorda, mas também não paga

O governador de Alagoas, Renan Filho afirmou que qualquer redução de salário que venha ocorrer não é correta. O fato é que os jornalistas do estado não recebem piso salarial.

Pegando “bigu”

A Assessoria de Comunicação do Tribunal de Justiça de Alagoas também anunciou a paralisação das atividades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *